Arch Linux – Instalando e configurando o Compiz e Emerald no XFCE

Opa pessoar!! Faz tempinho que não apareço por aqui, eim?! Mas enfim, eis-me aqui para compartilhar, com vocês, mais uma de minhas experiências com o nosso poderoso Linux!

Uma das [muitas] grandes vantagens que o Linux tem é: o seu poder de customização. Geralmente, percebo que, os usuários Linux que conheço, tem essa pretensão de deixar o sistema com a cara que lhes é de desejo. Seja adicionando uma nova interface gráfica, seja incrementando e criando “firulas” (frescurinhas, efeitos etc.) para deixar o visual mais elegante (ou não).

Depois de ter usado o Gnome 3 por, mais ou menos, umas três semanas, resolvi instalar o XFCE (outra vez). Pois confesso que acho o XFCE muuuuuuuuito mais agradável que o Gnome 3. Opinião minha. Pois é aí que entra, justamente, o poder de personalização da Interface… O Gnome 3, apesar deu ter conseguido alterar algumas coisas no tema, é muito chato e um tanto inflexível quando o assunto é “customizar”… e percebi o que o XFCE dá para fazer muito mais e com muito menos trabalho.

Ver mais sobre o XFCE, neste link.

Então, vamos a parte que nos interessa: o tutorial. 😉

Instalando o XFCE

Segue o link de instalação básica do XFCE no blog -> TECH4NOOBS

Instalando e configurando o Compiz e Emerald

1º – Atualize seu Pacman.

# pacman -Syu

2º – Agora, instale o seguinte pacote:

# pacman -S compiz-fusion-gtk

Pronto. Compiz e Emerald, instalados.

3º – Vá em Aplicativos (Menu) -> Configurações -> Sessão e Inicialização. Na aba "Inicio automático de aplicativo" -> Adicionar.

E nos campos de texto informe conforme a imagem acima mostra:

Nome: Compiz // ou como queira colocar
Comando: fusion-icon // esse é o comando que vai chamar o Compiz na inicialização.

E reinicie seu sistema.

Configurando o Compiz e ativando o Emerald

Certifique-se de que o ícone do Compiz-fusion está na sua bandeja de notificações

Fusion-icon - Segundo ícone da esquerda para a direita.
Fusion-icon – Segundo ícone da esquerda para a direita.

Agora, acesse o painel de configuração do Compiz. Segue imagem:

Configurações do Compiz
Configurações do Compiz
Painel de configurações do Compiz
Painel de configurações do Compiz

Agora, procure pelas seguintes opções:

Em Área de Trabalho, ative os seguintes efeitos:

Alternador de janelas de visualização 
Cubo da Área de Trabalho 
Expo 
Girar Cubo 
Exibir a Área de Trabalho

Em Efeitos, ative:

Add-On animações 
Animações 
Decoração da janela // Esse efeito ativa o Emerald 
Janelas 3D 
Reflexão e Deformação do Cubo 
Janelas gelatinosas

Em Gerenciamento de Janelas, ative:

Alternador de aplicativos 
Alternador Shift 
Mover Janelas

Feito isso, dê um "Select Window Manager" e marque "Compiz". Em seguida, clique em "Reload Window Manager
OBS.: Só lembrando a quem está seguindo esse tutorial, que as configurações aqui citadas, foram baseadas nas minhas configurações de Desktop. Caso vocês desejem experimentar as outras opções… o critério é de vocês. Ok? 😉

Uma explicação…

Cada efeito ativo no Compiz possui uma configuração default que pode ser alterada, caso queira. Vá fuçando todas as opções até chegar aonde você quer chegar, e deixar o seu Linux com a sua cara.

Uma prova de que o Compiz realmente funciona, junto com o XFCE!


Esse é, de fato, o meu Desktop. 😀
E caso queiram personalizar os seus, iguais ou parecidos com o meu, vou passar algumas informações de customização:
Meu Tema GTK
Tema do Emerald
Baixe meu Conky
Meus Wallpapers (do desktop e do fundo do horizonte do cubo):
Wall Desktop
Wall Cubo


Então, esse tutorial vai ficando por aqui.
Até a próxima!
fui-me

Anúncios

Rede Linux de amigos – Doode

Congratulações a essa nova rede social que surgiu dentro da comunidade GNU/Linux. Rede idealizada por Vitor Micillo Junior, o criador da mesma.

O Doode, não é uma rede social como qualquer outra, ela tem um diferencial especial: os seguidores.
Seus seguidores são usuários da plataforma operacional GNU/Linux, adeptos da filosofia e das ferramentas “Software Livre”.

No Doode, não é só bater-papo(como acontece com muitas outros redes por ai). Dizer “comendo gelatina de morango… hummmm delicia!” ou coisa do tipo. O Doode, vai muito mais além. Apesar de ainda ser uma rede social nova, vejo nela um potencial importante para a expansão da ideia de compartilhamento (Tão tal que a Canonical estipulou um numero X de seguidores para o “Doode ser reconhecido pela canonical como uma grande rede social linux e termos no Ubuntu uma aplicação oficial. Brasil no ubuntu”).
Como, acredito eu, todos os seus seguidores são usuários de Linux, o conteúdo que corre nessa rede abrange outros horizontes, visando informar, ajudar, entreter e adquirir novos usuários para esse mundo Linux, em especial.

Sou seguidor do Doode(@warlocksn), e posso dizer que tenho boas experiências com ele. Já tentei Twitter, Facebook, Orkut enfim, tive experiências com tantas outras redes sociais, mas nem uma delas me prendeu tanto como esta.

Então, você ai que é usuário Linux, que acredita na filosofia deste e quer compartilhar e experimentar novas experiencias no mundo GNU/Linux, eu lhe digo “Siga o Doode!”. 😉

Doode

Até a próxima…
fui-me

[PS: Um alô especial para os meus amigos no Doode!]